Pandeiro

O nome Pandeiro vem do Espanhol Pandero. Definimos este instrumento como sendo um arco de madeira, com várias fissuras onde estão fixadas uma ou mais rodelas de metal, conhecidas por muitos como os guizos.

Um instrumento considerado dos mais antigos, chega à Europa durante as cruzadas, sendo introduzido primeiramente na Península Ibérica durante a ocupação dos Mouros. Na Idade Média assume uma presença constante nas manifestações populares Portuguesas, estando presente nas mãos dos cancioneiros, em procissões, casamentos, e em todas as danças onde a presença feminina era mais marcante.

Para muitos historiadores e especialistas, é proveniente do Médio Oriente e da Índia, sendo usado desde épocas remotas por vários povos, inclusive os Hebreus, em cerimónias religiosas.

É tocado de maneira diferente, dependendo dos costumes e da cultura das regiões, notando-se sua presença em vários países. No Brasil, é quase que indiscutível que tenha chegado pelas mãos dos Portugueses, já que está presente em quase todas as danças lusitanas. Hoje está associado às mais diversas formas de música popular ou folclórica do Brasil, passando a integrar o elenco de instrumentos musicais dos negros brasileiros.

Na capoeira é considerado por muitos como o segundo instrumento mais importante das rodas. Emília Biancardi, no livro Raízes Musicais da Bahia, diz que mestres como Canjiquinha, Caiçara, Pastinha e Bimba, eram desta opinião.

Nota-se ainda uma diversidade na maneira de se tocar o pandeiro, criando-se variações e marcações, dependendo dos estilos da academia, grupo ou roda de praticantes. Mestre Bimba costumava retirar alguns dos guizos para que o som fosse mais marcado e não ficasse sobreposto ao do Berimbau.

Hoje em dia existem pandeiros de madeira, de material plástico e resinado, onde a sua afinação pode ser de aperto ou não. Pode ainda ser coberto com couro de boi, cabra, cobra, plástico ou outro tipo de material sintético, dando aos capoeiristas opção de escolha em relação ao tipo de sonoridade mais adequada às suas rodas.