Balanço do 12º Festival

Galera, Parabéns!

O EVENTO…

Parabéns a todos pelos últimos dias que esse grupo passou, muitos agora devem dizer a si mesmo,”Dever cumprido”, fiz pelo grupo, pela capoeira, por mim, por meu Mestre, e faria tudo outra vez, os sacrifícios o cansaço extremo, stress as pequenas desavenças normais de quem está a trabalhar pelo melhor, mas que o tem de fazer com um consentimento comum do grupo, o que nem sempre é fácil, mas não desistiu, continuou e encheu de emoção os Mestres, que dias depois, me ligaram ainda com lágrimas nos olhos e coração cheio de alegria e satisfação, por terem podido se banhar na energia de uma Roda de capoeira típica do Alto Astral e verem um trabalho realizado com tanto primor e dedicação…

 OS FORMADOS…

Hoje elogio, coisa rara na minha forma de ser, pois hoje se formaram a segunda turma de capoeiras do CAA e chegaram no nível em que agora só o Céu é o limite, pois estão prontos para a grande batalha pela valorização da capoeira, agora digo, Parabéns por terem ultrapassado e entendido ainda mais meus medos e receios, por terem entendido e visto a sombra da capoeira, porque ela completa ainda nos espera noutro lugar, a mim que estou na busca também e que agora sou ainda mais vosso companheiro de jornada e a vocês que depois serão os monitores, professores, contra Mestres e um dia MESTRES, somos um grupo de viajantes a procura da essência dos velhos Mestres, conto com vocês para ramificar essas raízes chamada Alto Astral…

O ASTRALZINHO…

Para o futuro, o Astralzinho será nosso esteio, nossa alegria simples e sincera que vem do sorriso, abraço e amor de uma criança, obrigado aos que assumiram e acumularam a responsabilidade de fazer o Festival infantil acontecer, os que não descansaram e foram olhar com os olhos de ver o que o futuro nos promete, sonho realizado, e agora é manter essa chama acesa a espera que outros desse grupo entrem para esse grande objectivo social do CAA e da Associação.

 A CAPOEIRA…

 A Capoeira será ainda falada em todos os cantos desse país como a ferramenta mais completas para o amor e espírito de ajuda, será reconhecida em todos os lugares e receberá finalmente aquilo que sempre mereceu, respeito…

 ESPERANÇA…

Sempre onde houver um ponto de luz, essa luz guiará os que se aventuraram sem pensar antes na capoeira, aqueles que apressaram o tempo e acham que estão a fazer algo de bom para a capoeira e que se dizem Mestres ou professores, para eles, desejo sorte, porque a capoeira está com eles também, por isso, o Alto Astral prima pelo tempo, conhecimento, respeito e lealdade, tenho a certeza que somos também como alguns projectos, porém raros em Portugal, uma luz nessas trevas do facilitismo e banalização do ser “Mestre”, do ser “professor”, obrigado a todos que entenderam o tempo e que estão nesse grupo cientes que para se ser o melhor, a exigência deve sobrepor-se aos limites do imaginável, assim forjamos capoeiras, assim podemos chegar no fim de nosso trajecto terreno e quando a as ancestralidade nos perguntarem “O que fizeste com a capoeira, o que fizeste com teu Mestre?” nós poderemos responder de cabeça erguida e com toda a certeza de dever cumprido…

Axé!!

Axé aos Mestre, alunos e todos aqueles que são pontos de luz para nós também…é Alto Astral lê lê, é Alto Astral lá lá…

Contra Mestre Marco António.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s